Voluntários da Siemens ajudaram a reflorestar o Pinhal de Leiria

2018-03-02

Mais de 500 Colaboradores da Siemens participaram há poucos dias numa ação de limpeza e reflorestação do Pinhal de Leiria. Esta foi, até ao momento, a maior ação de voluntariado de sempre organizada pela Siemens Portugal, onde foram plantadas 35.000 árvores num só dia e foram ainda doadas mais 15 mil. Assim, a Siemens Portugal doou um total de 45 mil que ajudarão na recuperação daquele que é um dos pulmões do país.

As zonas intervencionadas foram as do Pinhal de Leiria e da Charneca do Nicho, num total de 59 hectares. No Pinhal de Leiria foi plantado, exclusivamente, pinheiro bravo. Já no Perímetro Florestal da Charneca do Nicho, foram plantados pinheiros bravos e pinheiros mansos, bem como sobreiros, carvalhos e medronheiros. A intervenção dos voluntários da Siemens passou também pela limpeza das matas, com a retirada das espécies invasoras.

“A cada ano que passa temos mais voluntários a aderir a estas iniciativas, um sinal claro de que os nossos colaboradores estão cada vez mais envolvidos com as causas sociais e que as nossas pessoas partilham e vivem os valores da empresa. A responsabilidade social é um eixo estratégico da Siemens Portugal e faz parte da atividade da empresa contribuir para o desenvolvimento sustentável das regiões e comunidades em que opera. Para nós o negócio só é sustentável se estiver ao serviço da sociedade”, diz Salomé Faria, Diretora de Comunicação da Siemens Portugal.

Com esta iniciativa solidária, a Siemens pretende contribuir para a rápida reflorestação da área ardida do Pinhal de Leiria, após os incêndios de outubro de 2017. Apesar da denominação, o Pinhal de Leira estende-se sobretudo pelo concelho da Marinha Grande, onde a Siemens desenvolveu o seu primeiro projeto em Portugal. Recorde-se que em 1876, a empresa forneceu um forno contínuo para a Indústria Vidreira da Marinha Grande.

 

Fonte: Siemens

Ver notícias

Serviços AHK

 premium partner