Serviço de transporte de motos da Garland quintuplica capacidade em 8 meses

2018-05-04

Foi em setembro do ano passado que a Garland Transport Solutions (GTS), empresa da área de transportes do Grupo Garland, arrancou com um serviço inovador de transporte de motos, o qual tinha capacidade para movimentar 20 viaturas em simultâneo. Oito meses e perto de 100 motos transportadas depois, a empresa quintuplicou a sua capacidade, podendo agora movimentar 100 veículos num único serviço. Neste período, a GTS ultrapassou já os 25 mil euros de volume de negócios e, as encomendas em pipeline, permitem antecipar: “Vamos exceder largamente as nossas expectativas para o primeiro ano de atividade.”

Escolher andar de moto ultrapassa em muito a seleção de um meio de deslocação. É um modo de vida e quem o elege não o dispensa mesmo quando viaja para o estrangeiro. E, foi consciente desta realidade, e porque as solicitações para transporte de motos não parava de chegar à Garland, que a empresa desenvolveu as plataformas especificamente preparadas para o transporte deste tipo de mercadoria.

“A Garland começou por fazer pontualmente alguns transportes terrestres de motos. Habitualmente, os motards viajam de avião para diversas partes do mundo para participar em concentrações ou simplesmente em lazer e fazem transportar as suas motos via terrestre”, explicava, em setembro do ano passado, Sérgio Freitas, national director planning & execution da GTS.

Nos últimos oito meses, “importámos motos novas e usadas, bem como transportámos veículos para que os seus proprietários participassem em eventos de lazer. Provêm de diversos destinos europeus, mas os italianos são os nossos principais clientes”, adianta Luís Ribeiro, sales regional director da GTS. O responsável acredita que o serviço terá um “boom” de encomendas este verão a acreditar nas solicitações recebidas e em pipeline.

 

Fonte: Garland

Ver notícias

Serviços AHK