Predibisa cresce 50 porcento em 2017

2018-04-06

Mantendo a tendência dos últimos anos, a Predibisa volta a crescer face ao ano anterior. A consultora imobiliária especializada no Norte do país encerrou o ano de 2017 com um crescimento de 50 porcento em relação ao ano transato e uma concretização de negócios de 150 milhões de euros. De todas as áreas de negócio, o destaque vai para a vertente residencial, intrinsecamente ligada à promoção e à reabilitação urbana na Baixa do Porto, aquela que registou um maior incremento, tendo mais que duplicado (125 porcento) de 2016 para 2017.

No entanto, também foram realizados negócios com clientes investidores que procuravam rendimentos na restauração, comércio, escritórios, hotelaria mas, em particular, no short-rental. Esta dinâmica de transações deveu-se em larga medida ao incremento do turismo e ao alojamento local. Todavia, 2017foi também um ano positivo para outros segmentos de negócio da Predibisa.

Em relação à área de escritórios, esta consolidou-se em relação a 2016, reflexo da procura acentuada de empresas estrangeiras, que buscam a fixação na região. Fatores como o know-how tecnológico e desenvolvimento de software, a incidência de polos universitários na região, as boas acessibilidades e até a própria qualidade de vida, fazem do Porto uma boa alternativa para instalação destas empresas, face a outros mercados europeus. Contudo, para consolidar a atratividade que a região tem vindo a gozar no mercado internacional de procura de escritórios, a qualidade da oferta começa a ter de estar ligada a projetos de reconversão. Algo já com alguma expressão no que diz respeito à implementação de espaços de coworking, uma aposta direcionada, em particular, para o mercado das startups e que se prevê ter continuidade este ano.

No que concerne à atividade de outras vertentes de negócio, como a indústria e logística e o comércio, os desempenhos foram positivos, registando-se um significativo volume de transações, com bons retornos imobiliários. Também o segmento de capital market foi sinónimo de intensidade nos negócios, com empresas estrangeiras a apostarem na compra de grandes ativos imobiliários numa base de rendimento garantido, sendo a região Norte ponto de atração ao investimento.

 

Fonte: Predibisa

Ver notícias

Serviços AHK

 premium partner