GfK apresenta estudo "Clima de Consumo na Europa"

2018-04-27

As expectativas económicas dos consumidores portugueses estão estáveis e positivas neste início do ano, segundo o estudo “Clima de Consumo na Europa”, apresentado pelo GfK. Alcançaram 32,2 pontos em março, o que representa apenas uma ligeira descida de 0,9 pontos face a dezembro de 2017. Este valor é superior em dois pontos percentuais ao verificado no período homólogo de 2017.

Houve também uma certa estabilidade relativamente às expetativas de rendimentos dos portugueses. Após ter registado valores mais prudentes no início do ano, em março, o indicador manteve-se apenas 0,8 pontos abaixo do resultado de dezembro de 2017, atingindo os 29 pontos.

Apesar de, em fevereiro, a propensão para comprar ter conseguido exceder os níveis recorde de dezembro de 2017, no final do primeiro trimestre, o indicador registou uma descida de 3,1 pontos, atingindo os 10,7 pontos, ainda assim um dos valores mais altos dos últimos 5 anos. Em resumo, a propensão a compra em Portugal está relativamente estável desde meados de 2017, ano em que atingiu novos máximos que não se viam desde 2009. Desde junho de 2017 que as variações tem sido sempre – e apenas - entre os 10 e os 14 pontos positivos, longe dos valores negativos de 2016 e dos quatro anos anteriores. Recordamos que em março de 2017 este indicador era negativo em -10.

 

Fonte: RevisMarket

Ver notícias

Serviços AHK

 premium partner