Neya Lisboa junta-se à luta contra o plástico

2018-06-22

No ano da Luta contra a Poluição por Plástico, o NEYA Lisboa Hotel, junta-se à Sorbos, a primeira palhinha comestível e 100% biodegradável em Portugal.

A poluição por plástico é uma das mais graves epidemias do século XXI, estima-se que mais de 60 porcento dos plásticos não reutilizáveis vão parar aos oceanos, pondo em causa a vida de milhares de espécies marinhas.

As palhinhas de plástico estão no Top 10 dos objetos poluentes que mais se encontram nas nossas praias e, só em Portugal, são utilizadas mais de mil milhões de palhinhas por ano. As palhinhas têm a particularidade de serem muito leves para passar nos separadores de reciclagem mecânica, acabando assim por ir parar a aterros ou vias fluviais e, por fim, aos oceanos.

“Sabemos que os hotéis e restaurantes são os maiores promotores deste objeto tão nocivo para o ambiente, que é desnecessário na maioria das vezes. Se já fazemos uma gestão eficiente dos resíduos e nos preocupamos em reduzir a nossa pegada de carbono não fazia sentido continuar a usar palhinhas de plástico”, reforça o Engenheiro de Qualidade, Ambiente e Segurança, Pedro Teixeira. “Para além de combater o plástico, o nosso objetivo é mudar mentalidades, consciencializando os nossos hóspedes e tornando a atividade turística mais sustentável.”

O NEYA Lisboa Hotel, aboliu assim o uso de palhinhas de plástico no hotel e no restaurante Viva Lisboa, substituindo-as pelas palhinhas da Sorbos, uma palhinha 100% biodegradável, mas, apenas quando necessário ou quando pedido pelo cliente. Toda a composição da palhinha Sorbos é 100% reciclável, desde o invólucro de papel à palhinha, que é comestível.

 

Fonte: Publituris

Ver notícias

Serviços AHK

 premium partner