Investimento de 10 mil milhões de euros nas renováveis

2017-04-06

Segundo o Presidente da APREN (Associação de Energias Renováveis), António Sá da Costa, Portugal deverá receber cerca de 7,3 mil milhões de euros em novos investimentos em energias limpas e entre dois a três mil milhões de euros na atualização tecnológica e reforço de potência de instalação já em operação. A maior fatia do investimento a realizar entre 2020 e 2030 deverá destinar-se a centrais solares.

Entre 2020 e 2030, no que respeita a novos projetos, a Apren espera 1400 megawatts (MW) de nova capacidade hídrica, 1300 MW de eólicas e 5200 MW de centrais solares. A estas últimas deverão corresponder investimentos de 3640 milhões de euros.

 

 

Fonte: Expresso

Ver notícias

Serviços AHK