Trumpf apoia entrada da indústria nacional no 4.0

2017-04-12

A Trumpf, multinacional alemã especializada em soluções de fabrico nas áreas dos equipamentos para a indústria (máquinas-ferramenta), da tecnologia laser e da eletrónica, está apostada em ajudar as empresas portuguesas a se prepararem para a quarta revolução industrial, a Indústria 4.0. Eficiência, flexibilidade e transparência são algumas das vantagens das soluções que devem levar a um aumento de produtividade das empresas em mais de 30 porcento, garante o diretor-geral da Trumpf Portugal e Espanha, Detlef Kranich. As soluções da Trumpf para a Fábrica Inteligente apostam na interconetividade digital permanente de todos os passos do processo.

Orçamentos realizados numa plataforma online, a abolição do papel na produção através da implementação de um código em que a máquina automaticamente carrega o programa indicado e mostra o plano de configuração correspondente, um software que permite controlar todo o processo de fabricação ou, ainda, uma ferramenta web que mostra todos os indicadores de produtividade do processo de fabrico são algumas das alterações possíveis. Que se revelam fundamentais para fazer face às alterações estruturais de mercado com que países como Portugal se deparam, com o fim das grandes séries e a redução dos tempos de resposta às encomendas.

Presente em mais de 70 países do mundo, onde dá emprego a mais de 11 mil funcionários, a Trumpf está em Portugal há cerca de uma década, inicialmente apenas através de uma representação comercial e, desde junho de 2015, com uma subsidiária. Faturou, no primeiro ano fiscal (2015/2016) 9,4 milhões de euros e espera, este ano, atingir os 13 milhões. O objetivo é chegar aos 20 milhões no próximo ano. Desde junho de 2015, a empresa contratou 14 pessoas e pretende aumentar o número para 20, na sua maioria engenheiros, sobretudo os especializados na área de software.

 

Fonte: AICEP Portugalglobal, Dinheiro Vivo

Ver notícias

Serviços AHK

 premium partner